Começou a contagem regressiva para a Black Friday 2020, essa é uma das datas mais aguardadas pelo comércio e consumidores.
Dia 24 de novembro é a data oficinal da Black Friday, “dia dos descontos” esse é o dia para aquecer as vendas e renovar os estoques.

Uma pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que 35% das empresas devem aderir ao Black Friday ou seja 1 de cada 3 empresas. Diferente do que muitos pensam a Black Friday não é apenas para produtos eletrônicos e sim uma data tradicionalmente comemorada no mundo todo conhecida como o dia dos descontos.

Pesquisas comprovam que a Black Friday aumentam as vendas em lojas físicas tanto quanto em lojas virtuais, então caso sua empresa não possua um e-commerce ela pode aproveitar da mesma forma esta data!

Vamos então a 6 dicas de como aproveitar o Black Friday neste 2020.

1-Faça um Banner de Divulgação na sua Loja, publique nas redes sociais, estimule o consumidor a acompanhar a sua loja dando pequenas pistas fazendo aquele suspense do que irá entrar em promoção, seja criativo, utilize balões cartazes tudo o que for necessário para chamar a atenção do consumidor.

2-Um grande problema enfrentado nos anos anteriores foi que os consumidores não encontraram o que procuravam nas lojas, um grande erro é ofertar apenas alguns produtos da loja com descontos, lembre-se esse é o dia dos descontos, coloque em oferta a maior quantidade de produtos possíveis. Na Black Friday um item sem desconto vai chamar a atenção do consumidor para procurar na outra loja esperando que este item esteja com desconto no seu concorrente então fique ligado!

3- O quê e quanto Ofertar: Não oferte apenas os produtos parados no estoque (Sem giro) liquidação é para o final do ano, estamos falando do dia de descontos essa é a essência da Black Friday, tente oferecer produtos com uma vantagem para o consumidor, pesquisas revelam que o consumidor Brasileiro guarda dinheiro nos meses anteriores para comprar nesta data então dê valor ao dinheiro suado do seu cliente, promova seus produtos oferte novos produtos, claro que itens sem giro podem ser colocados também em promoção mas não foque apenas neles, o dia de liquidar estes itens não é na Black Friday.

4-Quantos itens ofertar? como dito anteriormente, não existe uma quantidade de itens exata a ser ofertada, mas lembre-se do item 2 (dois) a maior reclamação dos clientes na Black Friday de 2019 foi não encontrar o item que procuravam em promoção, então de uma olhada em relatórios do seu ERP dos itens mais vendidos nesta data no ano de 2019, faça um levantamento com seus vendedores eles conhecem melhor que ninguém o que o cliente irá buscar nestes dias!

5-Ofereça Crédito e descontos adicionais para valores á vista, coloque as maquininhas de cartão de crédito para carregar, consumidores optam cada vez mais por utilizar o cartão de crédito, e com a pandemia neste ano o uso do cartão subiu ainda mais, faça ofertas com parcelamento e para pagamento á vista, um dinheiro a mais entrando neste mês pode ajudar e muito a dar aquele fôlego para pagar o 13 salário e dar uma incrementada no capital de giro da empresa, então tenha critérios e ofertas bem definidas.

6-Cuidado com descontos pessoais, esta é uma data em que as pessoas comentam umas com as outras onde tem a melhor oferta, “fulano está liquidando com 30% de desconto X produto” ou “comprei isso por tanto nesta loja”, nada mais chato do que chegar na hora de comprar e não ter o produto por aquele preço que foi comprado pela outra pessoa, o consumidor dificilmente irá contestar o valor, mas dificilmente voltará a comprar na sua loja afinal ele irá se sentir lesado, então cuidado com descontos pessoais, este é o dia de fazer da oferta então fique ligado!